Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

Categorias
Guto Pasko, Notícias

Nenhum Comentário

O longa-metragem ficção de Franco Verdoia começa a ser rodado no dia 23 de novembro na Província de Córdoba, Argentina.

O filme é uma coprodução internacional da GP7 Cinema com as produtoras argentinas Contentto People de Buenos Aires e El Carro de Córdoba e foi um dos projetos vencedores do edital de coprodução Brasil-Argentina 2017, na linha de financiamento PRODECINE 07/2017 do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA, promovido pela ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) em parceria com o INCAA – Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais, da Argentina.

As filmagens serão nas localidades de El Cumbre e Las Varrilas, região da “Traslasierra”, no interior da Província de Córdoba na Argentina.

Pelo acordo bilateral entre os dois países, parte do elenco e da equipe técnica precisam ser brasileiros.

A atriz Raquel Karro, do Rio de Janeiro, e o ator mirim Rodrigo Silveira, de Curitiba, integram o elenco.

A direção de fotografia é do curitibano João Castelo Branco, que tem também na sua equipe os profissionais Ivanir Pereira e Rossano Mauro Jr.

A produção pela parte brasileira é de Guto Pasko e Andréia Kaláboa da GP7 Cinema e pela parte argentina de Felicitas Raffo e Inês Moyano, através das produtoras Contentto People e El Carro, respectivamente.

Todo o processo de finalização do filme será no Brasil. A montagem é de Lucas Cesário Pereira, edição de som de Kiko Ferraz e tratamento de imagem de Daniel Dode.

Arnon Godoy Nogueira integra a equipe brasileira de produção no SET de filmagens e Amarildo Martins a equipe de produção executiva. Alfiero Fonseca é o continuista.

“La Chancha” é o título do filme na Argentina e no Brasil o longa-metragem tem título provisório de “Traslasierra” e conta a história de PABLO e o reencontro dele com um passado terrível.

Pablo, sua esposa Kelly e o filho João estão hospedados no mesmo hotel onde ele acha que o homem que o abusava na infância também está hospedado. Este encontro casual, 30 anos depois, ocorre em um contexto estranho, no feriado de Páscoa, na província de Córdoba, Argentina, em uma atmosfera amigável e familiar em meio a belas paisagens, mas também selvagem.

Confrontado com a ironia do acaso, Pablo começa um retorno perturbador para sua infância, germinando para si uma possível justiça.

O roteiro de “Traslasierra” participou da 14ª edição do Curso de Desarrollo de Proyectos Cinematográficos Iberoamericanos da Fundação Carolina / Programa IBERMEDIA em Madrid/Espanha em 2016 e o roteiro do longa-metragem brasileiro “Sereis Uma Só Carne”, de Andréia Kaláboa em parceria com Tiago Lipka, também participou desta mesma edição do laboratório de desenvolvimento europeu, que contempla projetos de longas-metragens Ibero-Americanos.

Ainda no Pitching dos projetos em Madrid a produtora GP7 Cinema iniciou as primeiras conversas com o diretor argentino para uma possível parceria de coprodução internacional, que agora se concretiza.

O lançamento do filme nas salas de cinema no Brasil será feito pela Olhar Distribuição, comandada por Argel Medeiros e Aly Muritiba.

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , ,

Categorias
Guto Pasko, Notícias

Nenhum Comentário

O ano de 2018 será de muito trabalho na produtora GP7 Cinema. Além finalização da série de ficção “Contracapa”, esse ano serão produzidos sete novos filmes, entre as obras,  01 curta-metragem documental, 01 curta-metragem ficção, 02 telefilmes documentais, 01 episódio piloto de série de televisão ficção, 01 longa-metragem documental e 01 longa-metragem ficção em regime de coprodução internacional com a Argentina.

As obras são:

– “Parabéns a você”: curta-metragem ficção com direção de Andréia Kaláboa;
– “Guetos CWB”: telefilme documental com direção de Diego Florentino e Guto Pasko;
– “Além-Fronteiras”: telefilme documental com direção de Guto Pasko;
– “Aldeia Natal”: longa-metragem documental com direção de Guto Pasko;
– “Traslasierra”: longa-metragem ficção com direção do argentino Franco Verdoia;
– “Vou tentar te contar como é lá em casa”: curta-metragem documental com direção de Amarildo Martins;

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

Categorias
Guto Pasko, Notícias

Nenhum Comentário

O longa-metragem ficção “Traslasierra”, de Franco Verdoia, uma coprodrução internacional da GP7 Cinema com a produtora argentina Contentto People, foi um dos projetos vencedores do edital de coprodução Brasil-Argentina 2017, promovido pela ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) em parceria com o INCAA – Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais, da Argentina.

O concurso binacional disponibiliza o equivalente a 1 milhão de dólares para a produção de quatro longas-metragens. A GP7 Cinema receberá 250 mil dólares de investimento do FSA/BRDE como coprodutora brasileira minoritária no longa-metragem argentino através da linha PRODECINE 07/2017.

“Traslasierra” conta a história de PABLO e o reencontro com um passado terrível. Pablo, sua esposa e filho estão hospedados no mesmo hotel onde ele acha que o homem que o abusava na infância também está hospedado. Este encontro casual, 30 anos depois, ocorre em um contexto estranho, no feriado de Páscoa, na província de Córdoba, Argentina, em uma atmosfera amigável e familiar em meio a belas paisagens, mas também selvagem.

Confrontado com a ironia do acaso, Pablo começa um retorno perturbador para sua infância, germinando para si uma possível justiça.

O roteiro de “Traslasierra” participou da 14ª edição do Curso de Desarrollo de Proyectos Cinematográficos Iberoamericanos da Fundação Carolina / Programa IBERMEDIA em Madrid/Espanha em 2016 e o roteiro do longa-metragem brasileiro “Sereis Uma Só Carne”, de Andréia Kaláboa em parceria com Tiago Lipka, também participou desta mesma edição do laboratório de desenvolvimento europeu, que contempla projetos de longas-metragens Ibero-Americanos. Ainda no Pitching dos projetos em Madrid a produtora GP7 Cinema iniciou as primeiras conversas com o diretor argentino para uma possível parceria de coprodução internacional, que agora se concretiza.

As filmagens do longa-metragem estão programadas para os meses de novembro e dezembro de 2018 na província de Córdoba, Argentina. A produção é assinada por Felicitas Raffo pela Contentto People e por Andréia Kaláboa e Guto Pasko pela GP7 Cinema.

Desde 2011, a ANCINE realiza anualmente editais de coprodução com a Argentina, em parceria com o INCAA. Entre os ganhadores de edições anteriores estão os filmes “El Ardor”, de Pablo Fendrik, que fez parte da programação oficial do Festival de Cannes 2014; “Mate-me por favor”, de Anita Rocha da Silveira, selecionado para o Festival de Veneza e premiado com o troféu Redentor de melhor direção de ficção no Festival do Rio em 2015; e “Zama”, de Lucrecia Martel, exibido na edição deste ano do Festival de Cinema de Veneza e representante argentino para os prêmios Oscar e Goya.