Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Notícias, Uncategorized

Nenhum Comentário

Inscrições abertas para o Curso Avançado de Atores Para TV e Cinema – Módulo I com Guto Pasko.

As aulas serão entre 13 de janeiro e 12 de fevereiro de 2015, às terças e quintas-feiras, das 18h45 às 22h45.

OBJETIVO

Proporcionar aos atores e demais interessados em atuar em produções profissionais de cinema e televisão (filmes, novelas e minisséries) uma preparação adequada às atuais demandas crescentes do mercado de televisão e cinema no Brasil, que carece de novos atores devidamente preparados para a linguagem audiovisual.

METODOLOGIA
Metodologia prática, com gravações de cenas individuais e em grupo em todas as aulas, com graus de dificuldades que simulam a realidade das mais variadas produções existentes no mercado de cinema e televisão (laboratórios e jogos de personagens, monólogos, cenas de filmes, seriados e novelas) embasados na experiência profissional do diretor Guto Pasko nos últimos 10 anos na sua vivência cotidiana com atores e não atores diante das câmeras no SET de filmagens das produções de filmes e minisséries da produtora GP7 Cinema.

CONTEÚDO 
O ator-autor: a criação, construção e preparação da personagem em cinema e televisão.

O ator multimídia: preparação dos atores para as diversas mídias e diferenças de linguagens audiovisuais existentes no mercado hoje e a contextualização dos atores com cada uma delas.

A técnica de interpretação de Constantin Stanislavski, Bertold Breach, Peter Brook, Viola Spolin, Ryngaert, K. Johnstone, Anne Bogart e de outros encenadores aplicados à teledramaturgia, na busca do naturalismo / realismo necessário (ou não) no trabalho dos atores frente às câmeras de cinema e televisão.

Preparação corporal e vocal do ator para atuar em cinema e televisão.
A linguagem técnica audiovisual. As etapas de produção de uma obra. A equipe de uma produção de TV e Cinema. A ambientação de um SET de filmagens.

MERCADO
O mercado de trabalho para atores hoje no Brasil e as possibilidades de inserção do ator nas produções de TV e cinema, seja a nível local, regional ou nacional.

As grandes oportunidades para atores no Brasil hoje com a Lei 12.485/11, a nova lei da TV paga, que vai gerar uma demanda anual de 30 mil horas de produção de conteúdo audiovisual independente somente no segmento de TV por assinatura.

Os principais produtores independentes de cinema e televisão hoje no Brasil e como chegar até estas produções.

O cinema brasileiro contemporâneo como uma janela para os atores.
Testes de elenco para TV e Cinema: orientações e procedimentos profissionais adequados.

As agências de atores: as possibilidades de trabalho e as armadilhas com as “picaretagens”.

GUTO PASKO

Diretor de Cinema e TV – Roteirista – Ator – Apresentador de TV.

Preparador de Atores para Cinema, Televisão e Comerciais desde 1996.

Dirigiu e roteirizou os longas metragens “Iván – De Volta para o Passado” e “Made in Ucrânia – Os Ucranianos no Paraná”.

Diretor da minissérie “Colônia Cecília – Uma História de Amor e Utopia” e de vários episódios de TV para o quadro Casos e Causos da RPCTV (TV Globo/PR).

Foi presidente da AVEC - Associação de Vídeo e Cinema do Paraná (ABD/PR), Membro do Conselho Municipal da Cultura de Curitiba e Conselheiro de Audiovisual da Lei Municipal de Incentivo à Cultura na Fundação Cultural de Curitiba.

Formação em Produção Cênica com ênfase na Formação do Ator pela UFPR – Universidade Federal do Paraná.

Pós-Graduação em Cinema com ênfase em Produção pela UNESPAR/FAP – Faculdade de Artes do Paraná.

Informações: 41 3053 0673 / gp7@gp7cinema.com

Veja conteúdo completo e metodologia do curso no link abaixo:
http://gp7cinema.com/cursos/curso-avancado-1/
(41) 3053-0673

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Notícias

Nenhum Comentário

Estão abertas as inscrições para a turma intensiva de férias da “Oficina de Interpretação para Comerciais de TV”. A oficina ministrada pelo cineasta Guto Pasko e realiza-se entre os dias 19 e 23 de janeiro de 2015, das 14h00 às 18h00. O investimento é de R$ 400,00.

Objetivo
Proporcionar aos atores e modelos, bem como a todos os interessados em atuarem em comerciais de TV, uma preparação dentro da realidade existente no mercado e discipliná-los com a linguagem e ambientação de um SET de filmagens, promovendo o ensino teórico e prático sobre o mercado de comerciais de televisão.

Programa da Oficina
Aulas práticas, com gravações de comercias individuais e em grupo. Os exercícios apresentam variados graus de dificuldades, criados para representar as mais variadas produções publicitárias existentes no mercado.

  • O mercado de comerciais de TV: como funciona e como entrar nele?
  • Procedimentos profissionais de atores e modelos em testes de elenco.
  • Como ocorre o processo de seleção de elenco e como passar nos testes.
  • Postura profissional de atores e modelos num SET de filmagens.
  • Técnicas de memorização de textos.
  • Linguagem técnica audiovisual.
  • Orientações sobre as agencias de atores e modelos.

Mais informações: (41) 3053-0673

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Notícias

Nenhum Comentário

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Guto Pasko, Notícias

Nenhum Comentário

Matéria publicada no CADERNO G do Jornal Gazeta do Povo em 30 de dezembro de 2004.

PERSONAGEM – Guto Pasko é a novidade do audiovisual paranaense.

Made in Ucrânia -

Diretor irá realizar dois documentários para TV em 2005

Ao ser anunciada, a duas semanas, a lista dos vencedores do primeiro edital de cinema e vídeo da Secretaria de Estado da Cultura trouxe como novidade a presença de Guto Pasko, 28 anos, um novo produtor e diretor paranaense, que teve seu projeto de documentário, Made in Ucrânia – Os Ucranianos no Paraná, aprovado na categoria telefilme. Ele foi selecionado juntamente com nomes mais conhecidos do cinema paranaense. Os diretores Fernando Severo e Marcos Jorge (na categoria longa), os irmãos Werner e Willy Schumann, e a fotógrafa e cineasta Heloísa Passos (os três últimos também com propostas de telefilmes).

Pasko é proprietário da GP7 Cinema & Atores (produtora, agência de atores e escola de cinema e tevê) e no final deste ano lançou o longa-metragem independente Sociedade, apresentado na Cinemateca de Curitiba. A empresa também será responsável pela produção de Antonina, Morretes e Paranaguá – Unidas pela História, de Maria Fernanda Cordeiro, um dos dois projetos paranaenses vencedores da segunda edição do DOC-TV (programa criado pelo Ministério da Cultura e Rede Pública de Televisão para incentivar a produção de documentários no país) – Pasko irá co-dirigir o trabalho.

Descendente de ucranianos – daí o interesse por contar a história desse povo europeu no Paraná -, o diretor nasceu em Prudentópolis (sudeste do estado), de onde saiu para a capital paranaense com 11 anos, pois não queria ser padre, como desejava seu pai. “A gente vivia isolado na comunidade e até os 8 anos eu não falava português. Era um garoto muito tímido e, quando cheguei em Curitiba, a galera zoava da minha cara, pois eu falava tudo “erado” e nada “coreto”, brinca. A melhora no português foi conseguida com a ajuda de uma professora na escola, que lhe deu muitos livros para ler, ajudando-o no desenvolvimento da linguagem. Ainda nesta época de criança, Pasko conheceu o teatro, através de uma peça infantil, e decidiu que queria fazer parte do mundo das artes. “Queria fazer um curso de teatro, mas não tinha recursos. Na minha família quem não é agricultor é cabeleireiro. Aos 15 anos, recebi dinheiro de uma tia minha pra fazer um curso de cabeleireiro, mas paguei o meu primeiro curso de teatro, da Companhia Os Satyros”, revela. Alguns anos mais tarde, ele iria para o Rio de Janeiro, fazer cursos na Casa de Talentos, escola especializada em cinema e televisão (formadora de alguns atores globais como Giovana Antonelli, Leonardo Brício e Lavínia Vlasak). Ficou cinco anos por lá, acabou virando professor do estabelecimento e até abriu uma franquia na capital carioca, sendo fechada após a falência da empresa.

Pasko voltou a Curitiba em 2001, quando abriu a GP7. “Comecei com uma filosofia parecida com a da Casa de Talentos, de escola especializada principalmente em interpretação. Em Curitiba, temos muitas e ótimas escolas de teatro, mas nada mais voltado para a atuação no segmento de cinema e televisão”, confirma ele, lembrando que em 2004 o italiano Pietro Barana tornou-se seu sócio. Além da formação de atores, a empresa oferece cursos técnicos de cinema (roteiro, produção e direção) e também começa a agenciar atores, trabalho que já faz informalmente e que será realizado de forma oficial a partir de janeiro. Há também o braço produtor da empreitada, que além dos documentários vencedores de concursos, pretende realizar mais quatro curta-metragens em 2005 – três em Curitiba e um em Ponta Grossa, onde há uma filial da GP7. “O mercado de cinema está crescendo no país e tem boas perspectivas, mesmo no Paraná. Os filmes que serão realizados com o prêmio estadual deverão gerar centenas de empregos diretos para as pessoas daqui”, finaliza.

Serviço:
GP7 Cinema & Atores (Rua Fagundes Varela, 1878 – Jd. Social), (41) 362 2525).

Projetos GP7:
Made in Ucrânia – Os Ucranianos no Paraná – projeto de documentário vencedor do prêmio estadual de cinema e vídeo na categoria telefilme.
Antonina, Morretes e Paranaguá – Unidas pela História- projeto de documentário vencedor da segunda edição do DOC-TV.
Agosto Amargo, Festa de Eliete e 23 Degraus, curtas-metragens que serão realizados em Curitiba em 2005. Teoria X, curta a ser realizado em Ponta Grossa.

Rudney Flores