Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Guto Pasko, Notícias

Nenhum Comentário

Apresentação

O Vídeo Book é o cartão de visitas profissional do ATOR aos produtores de elenco e diretores do mercado audiovisual, seja nas emissoras de TV, no cinema, na publicidade ou no novo mercado de séries de TV que se abriu no Brasil.

É através de um bom Vídeo Book que os produtores de elenco e diretores conseguem avaliar o potencial dos ATORES na hora de fazer o casting.

Em todos os Vídeos Books produzidos pela GP7 Cinema, os ATORES contam com atenção especial e preparação e direção individual e personalizada do Diretor e Preparador de Elenco GUTO PASKO.

OPÇÃO I – (2 vídeos)

  • Gravação de um monólogo em estúdio direcionado para o mercado publicitário – 30” até 45”.
  • Gravação de monólogo em estúdio direcionado para o mercado de dramaturgia – 01′ até 03′.
  • Trabalho de preparação de cena e direção Guto Pasko.
  • Incluso maquiagem e cabelo.
  • Material entregue em arquivo digital de alta definição.
  • Investimento: R$ 600,00 (parcelado em até 2X no cartão de crédito ou cheque pré-datado).

OPÇÃO II – (3 vídeos)

  • Gravação de um monólogo em estúdio direcionado para o mercado publicitário – 30” até 45”.
  • Gravação de monólogo em estúdio direcionado para o mercado de dramaturgia – 01′ até 03′.
  • Gravação de cena externa com diálogo (em duplas) para o mercado de dramaturgia.
  • Trabalho de preparação de cena e direção Guto Pasko.
  • Incluso maquiagem e cabelo.
  • Material entregue em arquivo digital de alta definição.
  • Investimento: R$ 1.000,00 – (parcelado em até 3X no cartão de crédito ou cheque pré-datado).

AGENDAMENTOS até o dia 08/10/15 via telefone (41) 3053-0673 ou e-mail gp7@gp7cinema.com

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Guto Pasko

Nenhum Comentário

Inscrições abertas para o Curso Avançado de Atores Para TV e Cinema – Módulo I, com Guto Pasko.

Desta vez as aulas acontecerão a tarde, das 14h às 18h. As vagas são limitadas e preenchidas por ordem de inscrição. Não deixem para última hora.

INFORMAÇÕES
Período: 15 de setembro a
22 de outubro de 2015.
Aulas: Terças e quintas-feiras
Das 14h00 às 18h00
Carga horária: 48 Horas

Investimento: R$960,00
Formas de Pagamento
À vista: R$ 912,00 (5% de desconto)
Em dinheiro, cheque ou transferência.
Ou parcelado (até 3X sem juros)
Em cheque ou via pagseguro.

OBJETIVO

Proporcionar aos atores e demais interessados em atuar em produções profissionais de cinema e televisão (filmes, novelas e minisséries) uma preparação adequada às atuais demandas crescentes do mercado de televisão e cinema no Brasil, que carece de novos atores devidamente preparados para a linguagem audiovisual.

METODOLOGIA
Metodologia prática, com gravações de cenas individuais e em grupo em todas as aulas, com graus de dificuldades que simulam a realidade das mais variadas produções existentes no mercado de cinema e televisão (laboratórios e jogos de personagens, monólogos, cenas de filmes, seriados e novelas) embasados na experiência profissional do diretor Guto Pasko nos últimos 10 anos na sua vivência cotidiana com atores e não atores diante das câmeras no SET de filmagens das produções de filmes e minisséries da produtora GP7 Cinema.

CONTEÚDO 
O ator-autor: a criação, construção e preparação da personagem em cinema e televisão.

O ator multimídia: preparação dos atores para as diversas mídias e diferenças de linguagens audiovisuais existentes no mercado hoje e a contextualização dos atores com cada uma delas.

A técnica de interpretação de Constantin Stanislavski, Bertold Brecht, Peter Brook, Viola Spolin, Ryngaert, K. Johnstone, Anne Bogart e de outros encenadores aplicados à teledramaturgia, na busca do naturalismo / realismo necessário (ou não) no trabalho dos atores frente às câmeras de cinema e televisão.

Preparação corporal e vocal do ator para atuar em cinema e televisão.
A linguagem técnica audiovisual. As etapas de produção de uma obra. A equipe de uma produção de TV e Cinema. A ambientação de um SET de filmagens.

MERCADO
O mercado de trabalho para atores hoje no Brasil e as possibilidades de inserção do ator nas produções de TV e cinema, seja a nível local, regional ou nacional.

As grandes oportunidades para atores no Brasil hoje com a Lei 12.485/11, a nova lei da TV paga, que gerou uma demanda anual de 3 mil horas de produção de conteúdo audiovisual independente somente no segmento de TV por assinatura.

Os principais produtores independentes de cinema e televisão hoje no Brasil e como chegar até estas produções.

O cinema brasileiro contemporâneo como uma janela para os atores.
Testes de elenco para TV e Cinema: orientações e procedimentos profissionais adequados.

As agências de atores: as possibilidades de trabalho e as armadilhas com as “picaretagens”.

GUTO PASKO

Diretor de Cinema e TV – Roteirista – Ator – Apresentador de TV.

Preparador de Atores para Cinema, Televisão e Comerciais desde 1996.

Dirigiu e roteirizou os longas metragens “Iván – De Volta para o Passado” e “Made in Ucrânia – Os Ucranianos no Paraná”.

Diretor da minissérie “Colônia Cecília – Uma História de Amor e Utopia” e de vários episódios de TV para o quadro Casos e Causos da RPCTV (TV Globo/PR).

Foi presidente da AVEC - Associação de Vídeo e Cinema do Paraná (ABD/PR), Membro do Conselho Municipal da Cultura de Curitiba e Conselheiro de Audiovisual da Lei Municipal de Incentivo à Cultura na Fundação Cultural de Curitiba.

Formação em Produção Cênica com ênfase na Formação do Ator pela UFPR – Universidade Federal do Paraná.

Informações: 41 3053 0673 / gp7@gp7cinema.com

Mais informações em: http://gp7cinema.com/cursos/curso-avancado-1/

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Guto Pasko, Imprensa, Notícias

Nenhum Comentário

Vinda de Fátima Toledo para workshop com atores e diretores estimula momento de destaque da atuação local.

A cada novela que entra no ar, aumenta o número de atores curitibanos no elenco. A explosão da atuação local vem sendo estimulada pelas diversas escolas da cidade e por iniciativas voltadas ao mercado do Rio e de São Paulo.

Uma delas aconteceu nessa férias, quando a preparadora de elenco Fátima Toledo foi trazida para ministrar oficinas a dois grupos, num total de 40 atores, estudantes e diretores. Foram horas de muita dor e sufoco – o “método”, como é conhecido o processo de trabalho dessa veterana, envolve longos períodos de concentração a partir de técnicas da bioenergética, e, o que pode ser pior, confrontar-se consigo mesmo.

“Ela faz a gente ver o nosso ‘duplo’, como num espelho, e às vezes isso assusta”, pondera o cineasta e ator Guto Pasko, um dos alunos de Fátima durante uma semana de oficina.

Em conversa com a Gazeta do Povo, a preparadora contou que seu sistema foi desenvolvido a partir de sua própria frustração. “Eu não ficava satisfeita com o resultado dos atores”, confessa. Aos poucos, seu método “foi acontecendo”, e ela firmou sua convicção de que, em sala de ensaio, ninguém deveria ficar matutando sobre como construir um personagem, de fora para dentro. “Percebi que o importante era ter presença. Se revelar, para revelar o personagem”, conta.

Já são mais de 50 filmes cujo elenco ela orientou, começando com “Pixote, a Lei do Mais Fraco”, quando o diretor Hector Babenco a introduziu no mundo dos “coaches” de ator.

Ao longo dos muitos workshops que ministrou, castings escolhidos e elencos orientados, conquistou fama de malvada – que ela refuta. “É um mito que eu deixo com hematoma… prendo num quarto escuro, faço velhinha empurrar parede durante duas horas”, brinca. “É mais o sofrimento da descoberta de si próprio.”

No caso de Pasko, o interesse era, além de atuar melhor, saber como extrair mais dos elencos que escolhe para seus filmes.

Em Curitiba, ele conta que se depara com muitos atores despreparados para atuar diante das câmeras, inconscientes de que o audiovisual exige um trabalho muito diferente do que no palco. “O mais comum é o ator de teatro começar a gritar na cena”, brinca Pasko. “Eu busco uma maior naturalidade.”

Oportunidade

O mercado local também tem seus momentos de pico. O próprio Guto Pasko tenta levantar, por esses dias, dois filmes e uma minissérie de televisão, projetos em que irá trabalhar com atores locais.

Matéria publicada no jornal Gazeta do Povo de 02/08/2015. Por Helena Carnieri.

http://www.gazetadopovo.com.br/caderno-g/teatro/silencio-atores-em-treinamento-5jimu6ripnvp4otod341hdnir

Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Imprensa

Nenhum Comentário

Escola pode virar alternativa para quem busca mercado do Rio e de São Paulo.

Matéria publicada no Espaço 2 do Jornal do Estado em 24 de abril de 2004.

Foi-se o tempo em que a produção cinematográfica no Brasil era exclusivamente do eixo Rio – São Paulo. Atualmente, empresas paranaenses têm investido na produção de filmes e no treinamento de profissionais de cinema e TV no estado. A escola, agência e produtora curitibana Studio GP7 Brazil, sediada em Curitiba, é um exemplo. Segundo um dos proprietários, o cineasta Guto Pasko, o Paraná sempre teve tradição em teatro. No entanto, para se aprimorar em cinema e TV as pessoas tinham que migrar para outras regiões. Hoje, isso está mudando.

Para Pasko, atualmente o cinema vem se desenvolvendo no Paraná e as perspectivas para o crescimento da indústria cinematográfica no estado são bem otimistas. Em 2003 foram produzidos no Paraná 23 filmes, através de leis de incentivo à cultura. No entanto, ainda falta uma mão de obra qualificada no mercado, e muitas dessas produções utilizaram profissionais do eixo Rio – São Paulo. Segundo o cineasta, isso se deve ao fato, de haver poucas escolas especializadas em cinema localmente.

Segundo Pasko, a inserção do Paraná na rota das produções cinematográficas nacionais, depende da construção de uma cultura de aceitação da “sétima arte” no estado. “É necessário que as pessoas percebam a importância do cinema como espelho da sociedade para o fortalecimento de suas próprias identidades”. No que se refere a ensino, Pasko ressalta que é necessária uma metodologia que enfatize mais a prática do que a teoria. “A maioria das pessoas não fazem ideia do que é trabalhar com cinema e TV. É por isso que o curso que propomos contempla a realização de um filme, onde os alunos percebem as dificuldades da profissão”, conclui o cineasta.

Depois do curta Entrevista de Emprego e do longa Pensa que é Fácil? (em fase de edição), o Studio GP7 Brazil está perto de finalizar seu terceiro filme no Paraná. O longa-metragem intitulado Sociedade é caracterizado pela originalidade e polêmica com que trata a relação do homem com a sociedade. A ovra conta com a participação dos alunos da escola em todos os aspectos de sua construção e com a trilha sonora da banda curitibana Cores D Flores. Gravado em digital, o filme será possivelmente passado para película.