Gp7 Cinema



Tags
, , , , , , , , , ,

Categorias
Cursos Atores, Imprensa

Comments Off on Coisa de CINEMA

Escola pode virar alternativa para quem busca mercado do Rio e de São Paulo.

Matéria publicada no Espaço 2 do Jornal do Estado em 24 de abril de 2004.

Foi-se o tempo em que a produção cinematográfica no Brasil era exclusivamente do eixo Rio – São Paulo. Atualmente, empresas paranaenses têm investido na produção de filmes e no treinamento de profissionais de cinema e TV no estado. A escola, agência e produtora curitibana Studio GP7 Brazil, sediada em Curitiba, é um exemplo. Segundo um dos proprietários, o cineasta Guto Pasko, o Paraná sempre teve tradição em teatro. No entanto, para se aprimorar em cinema e TV as pessoas tinham que migrar para outras regiões. Hoje, isso está mudando.

Para Pasko, atualmente o cinema vem se desenvolvendo no Paraná e as perspectivas para o crescimento da indústria cinematográfica no estado são bem otimistas. Em 2003 foram produzidos no Paraná 23 filmes, através de leis de incentivo à cultura. No entanto, ainda falta uma mão de obra qualificada no mercado, e muitas dessas produções utilizaram profissionais do eixo Rio – São Paulo. Segundo o cineasta, isso se deve ao fato, de haver poucas escolas especializadas em cinema localmente.

Segundo Pasko, a inserção do Paraná na rota das produções cinematográficas nacionais, depende da construção de uma cultura de aceitação da “sétima arte” no estado. “É necessário que as pessoas percebam a importância do cinema como espelho da sociedade para o fortalecimento de suas próprias identidades”. No que se refere a ensino, Pasko ressalta que é necessária uma metodologia que enfatize mais a prática do que a teoria. “A maioria das pessoas não fazem ideia do que é trabalhar com cinema e TV. É por isso que o curso que propomos contempla a realização de um filme, onde os alunos percebem as dificuldades da profissão”, conclui o cineasta.

Depois do curta Entrevista de Emprego e do longa Pensa que é Fácil? (em fase de edição), o Studio GP7 Brazil está perto de finalizar seu terceiro filme no Paraná. O longa-metragem intitulado Sociedade é caracterizado pela originalidade e polêmica com que trata a relação do homem com a sociedade. A ovra conta com a participação dos alunos da escola em todos os aspectos de sua construção e com a trilha sonora da banda curitibana Cores D Flores. Gravado em digital, o filme será possivelmente passado para película.